Farinha

Uma pessoa peneirando farinha de trigo

Sobrenome toponímico português, com origem na honra (senhorio) de Farinha Podre, comarca de Coimbra. O vocábulo tem origem no latim farina ou farinae, referindo-se ao pó moído de trigo ou de qualquer outro grão.

Os primeiros a usar a identificação familiar foram Afonso, Vasco e João Pires Farinha, filhos de Pedro Salvadores e dona Maria Nunes. Pedro Salvadores era filho de Salvador Gonçalves e neto de Gonçalo Dias de Góis, que lutou na batalha de Ourique, em 1139. além disso, foi senhor de Góis e de Farinha, lugar de onde os filhos tomaram o sobrenome, que no século 13 tinha a forma “Farynna”.

No Brasil, há referências ao sobrenome desde o século 17. Entre outros, temos o alferes português Simão Lopes Farinha, natural de Golegã, casado com Maria José Espinola de Vasconcelos. Em 1657, recebeu como mercê o hábito da Ordem de Avis por sua atuação na guerra contra os holandeses. No século 20, os imigrantes portugueses Pedro Farinha e Deolinda Pereira Farinha chegaram a Curitiba em 1956. Ali teria origem a tradicional padaria Família Farinha.

 

Você conhece a origem de seu sobrenome? Já fez sua genealogia? E um teste de DNA indicando a sua ancestralidade?

Pode ter certeza, é uma viagem fantástica!

Quer saber mais sobre seu passado?

Você pode descobrir de onde vieram seus antepassados com o Teste de Ancestralidade da Genera! Clique no botão ao lado e veja o que você pode descobrir a partir do seu DNA.

Quer saber mais sobre seu passado?

Você pode descobrir de onde vieram seus antepassados com o Teste de Ancestralidade da Genera! Clique no botão e veja o que você pode descobrir a partir do seu DNA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima