Félix

Sobrenome latino (ibérico e italiano) com origem em uma alcunha ou cognome. Embora menos comum, Félix também pode ser encontrado entre ingleses, franceses, alemães e judeus asquenazes. Procede do latim felix, “fecundo”, “afortunado”, “favorecido dos deuses” ou “feliz”.

É conhecido e usado como identificação desde a Antiguidade. Foi usado pelo senador e cônsul romano Faustus Cornelius Sulla Felix (22-62), meio irmão da famosa imperatriz Messalina. Na Idade Média, tornou-se muito popular como nome próprio, sendo o nome de mais de sessenta santos e de cinco papas (de Félix I a Félix V). Na Península Ibérica, tem variações como Feliz, Felices ou Sanfelis; na Itália, Felice, De Felice e Felicioni.

Como nome de família está presente no Brasil desde pelo menos o começo do século 17, com o capitão Jacques Félix, o “Flamengo”, com origem nos Flandres, Bélgica. Seu filho Belchior Félix se casou, no Rio de Janeiro, por volta de 1639, com Ana Sarmenta. Os filhos Jacques Félix e Domingos Dias Félix foram os fundadores de Taubaté, São Paulo, na mesma época.

Entre algumas personalidades com este sobrenome destacamos o jornalista Jorge Félix, o jogador de futebol João Félix e a cantora María Félix.

Você conhece a origem de seu sobrenome? Já fez sua genealogia? E um teste de DNA indicando a sua ancestralidade?

Pode ter certeza, é uma viagem fantástica!

Quer saber mais sobre seu passado?

Você pode descobrir de onde vieram seus antepassados com o Teste de Ancestralidade da Genera! Clique no botão ao lado e veja o que você pode descobrir a partir do seu DNA.

Quer saber mais sobre seu passado?

Você pode descobrir de onde vieram seus antepassados com o Teste de Ancestralidade da Genera! Clique no botão e veja o que você pode descobrir a partir do seu DNA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima