Loureiro

Folhas de louro

Sobrenome toponímico português com origem na quinta de Loureiro, freguesia de Santa Maia de Sirgueiros, distrito de Viseu. O vocábulo vem de Laurus nobilis, a árvore do louro.

O primeiro com o sobrenome de que se tem notícia é dom Daganel (ou Daganiel), fidalgo que viveu no século 12 e se casou com dona Sancha Gonçalves, com quem teve os filhos que deram seguimento ao nome de família. Entre seus descendentes está dom João Anes de Loureiro, casado com dona Catarina de Figueiredo e fidalgo da Casa Real dos reis dom Pedro, dom Fernando e dom João entre os séculos 14 e 15.

No Brasil, há referências ao sobrenome desde o século 18 com, entre outros, Joaquim dos Santos Loureiro e Manoel Francisco Loureiro, açorianos povoadores do Rio Grande do Sul. Manoel Francisco chegou a Colônia do Sacramento (hoje no Uruguai) em 1718, dirigindo-se para Laguna, Santa Catarina, em 1763. De Laguna migrou para Santo Antônio da Patrulha, Rio Grande do Sul, e mais tarde para a região das Missões, no noroeste do estado. Existem famílias Loureiro também no Sudeste, Norte e Nordeste do Brasil, não havendo ligação entre elas.

Destacamos, como personalidades com o sobrenome, o radialista Manuel Fernandes Loureiro (1952-2014), o Loureiro Neto; e o escritor João de Jesus Paes Loureiro.

 

Você conhece a origem de seu sobrenome? Já fez sua genealogia? E um teste de DNA indicando a sua ancestralidade?

Pode ter certeza, é uma viagem fantástica!

Quer saber mais sobre seu passado?

Você pode descobrir de onde vieram seus antepassados com o Teste de Ancestralidade da Genera! Clique no botão ao lado e veja o que você pode descobrir a partir do seu DNA.

Quer saber mais sobre seu passado?

Você pode descobrir de onde vieram seus antepassados com o Teste de Ancestralidade da Genera! Clique no botão e veja o que você pode descobrir a partir do seu DNA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima